Revelado caminhão de carga elétrico sem motorista.

15/10/2020
Embora os caminhões sem motorista possam ter implicações e benefícios importantes para as empresas de transporte de cargas.

A startup sueca de caminhões Einride lançou recentemente uma nova linha de caminhões de carga elétricos, sem motorista, que não têm uma cabine (onde um motorista normalmente se senta) e podem ser controlados remotamente.

Na quinta-feira, a Einride revelou sua linha de caminhões de carga comercial Pod que a empresa espera colocar nas estradas em 2021, escreveu Einride em um comunicado à imprensa . Destinado a empresas que buscam se afastar dos caminhões a diesel tradicionais, Einride descreve os novos caminhões Pod como o “futuro do frete”.

Einride diz que os caminhões podem ajudar as empresas a cortar seus custos de combustível em até 70% e reduzir as emissões de carbono em até 90%.

Fundada em 2016, a Einride com sede em Estocolmo em 2019 implantou com sucesso uma versão anterior de seus caminhões elétricos autônomos para fazer entregas em estradas públicas na Suécia. Esses caminhões, chamados de T-Pod, receberam aprovação regulamentar temporária para dirigir em estradas públicas por trechos limitados sem exceder cerca de 3,1 mph. Einride ainda está procurando garantir aprovações regulatórias completas para sua nova safra de caminhões Pod para dirigir em estradas públicas em velocidades mais altas.

A nova linha de caminhões da empresa é semelhante às iterações anteriores, no sentido de que o Pod não tem cabine para os motoristas e também não tem volante ou para-brisa tradicional, segundo o The Verge . Os caminhões dirigem de forma autônoma usando um software autônomo desenvolvido pela empresa americana de tecnologia Nvidia. As entregas são planejadas e executadas usando a plataforma de mobilidade de carga da Einride , uma plataforma de software que usa aprendizado de máquina para mapear rotas e monitorar a energia da bateria do caminhão e rastrear suas remessas de carga.

Os caminhões da Einride também podem ser controlados remotamente usando a tecnologia de tele operação da empresa sueca, que permite a um único operador remoto controlar caminhões de carga de um escritório a centenas de quilômetros do próprio caminhão. Os operadores remotos serão capazes de conduzir os caminhões por meio de manobras complicadas, como voltar lentamente para uma doca de carga, e Einride até lançou um vídeo em abril mostrando como um operador pode controlar vários caminhões ao mesmo tempo.

CARRETA ON LINE

Cada caminhão Pod pesa 26 toneladas e tem capacidade de carga de até 16 toneladas . A bateria elétrica do caminhão terá um alcance de cerca de 80 a 110 milhas.

Einride diz que a linha de caminhões Pod estará disponível em quatro níveis de autonomia. O primeiro, denominado Transporte Elétrico Autônomo (AET) 1, destina-se apenas à circulação em estradas privadas “com rotas predeterminadas”, por exemplo, dentro de uma instalação corporativa, disse a empresa em seu comunicado à imprensa. O segundo nível, AET 2, pode lidar com instalações fechadas, bem como viagens curtas em vias públicas. Ambos os níveis do Pod estarão disponíveis em 2021 e terão velocidades máximas de cerca de 18 mph.

Os próximos dois níveis, AET 3 e AET 4, estão disponíveis para pré-encomendas e serão enviados aos clientes já em 2022, de acordo com Einride. O nível de autonomia AET 3 significa que o Pod pode dirigir em estradas secundárias e “estradas principais menos movimentadas entre as instalações”, disse a empresa, com uma velocidade máxima de quase 28 mph. Com o AET 4, o caminhão será totalmente autônomo em rodovias e outras estradas principais a mais de 80 km / h.

Nenhum dos níveis requer um motorista humano no Pod, embora um operador remoto possa assumir o controle do caminhão, se necessário.

As empresas que desejam usar os caminhões Pod da Einride não poderão comprá-los imediatamente, com a Einride implementando um programa de assinatura em camadas. Depois de pagar uma taxa de reserva de $ 10.000, as empresas irão essencialmente alugar os caminhões da Einride, pagando prestações mensais que cobrem o uso de cada caminhão, bem como acesso à plataforma de software de frete da Einride e operadores remotos certificados pela Einride. As empresas usarão a plataforma da Einride para controlar as rotas de entrega de seus caminhões.

Fonte: Brasildotrecho.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)