Operação conjunta controla chegada de caminhões sem agendamento.

27/04/2021
Fiscalização da SPA e Antaq busca melhorar eficiência do Porto e evitar transtorno a munícipes.

A Santos Port Authority (SPA) e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) deflagram ontem (22/04) uma operação conjunta de fiscalização da chegada de caminhões na margem esquerda do Porto de Santos fora da “janela de agendamento”, assim denominado o intervalo de cinco horas em que o caminhão pode chegar ao terminal – a hora agendada e mais quatro, sendo duas horas antes ou duas depois.

Coordenada pela SPA e Antaq, a operação contou com apoio da Prefeitura Municipal de Guarujá, Polícia Militar e de terminais localizados na margem esquerda (Guarujá).

A ação começou a ser elaborada em janeiro, por meio de reuniões sistemáticas de um grupo de trabalho criado para este fim. O grupo constatou que um alto índice de caminhoneiros (aproximadamente 40%) chegava ao complexo portuário fora da janela de agendamento, causando transtorno no acesso aos terminais, com reflexo na mobilidade dos munícipes, impactando negativamente a relação Porto-Cidade.

Em decorrência das reuniões realizadas foram estabelecidas duas fases de operação, sendo a primeira de cunho educativo, que durou até o dia 21/04, quando foram realizadas ações de conscientização junto aos transportadores, caminhoneiros e terminais da margem esquerda, ressaltando a importância e relevância do cumprimento dos agendamentos.

A segunda fase iniciada ontem, de cunho fiscalizatório, atuou para que os veículos que não constassem da janela de agendamento fossem orientados a se retirar da área portuária e retornar à origem, sendo acompanhados por equipe do Grupamento de Ações Estratégicas (GAE) da Guarda Portuária até a saída do Porto Organizado.

Durante tais ações, identificou-se um comportamento colaborativo por parte dos caminhoneiros. Neste primeiro dia, 308 caminhões retornaram por estarem fora da janela de agendamento, o equivalente a 17% dos que se destinaram aos terminais. A ação segue até domingo. O monitoramento do fluxo de caminhões no Porto é realizado diuturnamente pela SPA e Antaq, entretanto, sempre que for observada movimentação extra ou formação de filas, operações dessa natureza poderão ser desencadeadas.

A Polícia Militar realizou operação simultânea nas vias municipais, no entorno da região portuária, para evitar assaltos aos caminhoneiros nas eventuais filas que viessem a se formar no entorno durante o período de realização da operação no Porto. Já a Polícia Militar Rodoviária cuidou do monitoramento na rodovia de acesso à margem esquerda. Pela SPA, participam desta ação a Guarda Portuária e a Gerência de Fiscalização e Medição das Operações.

A SPA e Antaq entendem que as ações de conscientização e fiscalização desenvolvidas contribuem sobremodo para o incremento da eficiência das operações, bem como para a diminuição de eventuais impactos do fluxo de caminhões na área portuária e municípios adjacentes. Além disso, permite a redução da fila de espera dos caminhoneiros possibilitando, dessa forma, que outras viagens sejam planejadas.

CARRETA ON LINE

Fonte: Porto de Santos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)