Polêmica: carreta 1 eixo compensa?

21/07/2021

Um Scania 114G 340, acoplado em uma carreta com 1 eixo apenas, está dando o que falar nas redes sociais.

De acordo com resolução do CONTRAN, esse tipo de conjunto é permitido e possui um Peso Bruto Total (PBT) de 26,0 toneladas e 27,3t com os 5% de tolerância.

Com isso, o conjunto fica no meio do caminhão trucado (6×2) com 23,0t e do caminhão bitruck (8×2) com 29,0t.

No entanto, um cavalo mecânico (6×2) acoplado em uma carreta 1 eixo, possuí a mesma quantidade de pneus que um caminhão trucado (6×2), mas ganha 3 toneladas a mais de PBT.

Já em comparação com o bitruck, o conjunto perde 3 toneladas de PBT, mas possui 4 pneus a menos.

Além disso, geralmente, o custo de manutenção e os problemas em carretas, é menor do que de caminhões bitruck.

Com aproximadamente 8 metros de comprimento, uma carreta 1 eixo pesa em média 3,5 a 4,5 toneladas (TARA).

Engatada em um cavalo mecânico 4×2, no caso um Scania 114, que possui 6.74 ton de tara, o conjunto pesa aproximadamente 11 toneladas.

Diante disso, a sua capacidade de carga útil (lotação), é de aproximadamente 15 toneladas e 16,3 toneladas com os 5% de tolerância.

Já o bitruck, possui, em média, uma tara de 11 toneladas, resultando em uma capacidade de carga útil de aproximadamente 18 toneladas.

Apesar de pouco comum, é possível afirmar que esse tipo de conjunto é viável economicamente, principalmente em algumas situações especificas.

CARRETA ON LINE

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)