Empresa desenvolve “asas” que reduzem consideravelmente o consumo de combustível.

31/07/2023

Há uma enorme quantidade de trabalho e investimentos nas fabricantes de caminhões e de implementos rodoviários para melhorar a aerodinâmica. Cortar o vento de forma mais eficiente reduz o consumo de combustível e a emissão de poluentes, duas das maiores buscas das empresas atualmente.

Apesar disso, as fabricantes tratam seu produtos individualmente, e há problemas que ainda não tem solução nesse segmento.

Para melhorar o caminhão como um conjunto, a empresa norte-americana TruckLabs criou a TruckWings, um conjunto de asas móveis que fecha o espaço que existe entre o cavalo mecânico e o implemento.

O sistema é automatizado, e só começa a funcionar a 50 milhas por hora, ou 80 km/h. Nessa velocidade, as asas, que ficam dobradas atrás da cabine, se abrem, reduzindo o espaço que existe ali.

O espaço normal entre a cabine e o implemento nos caminhões americanos é de 52 polegadas (1,32 metro), que cai para 18 polegadas (45 cm) quando o sistema entra em operação.

Em testes, o consumo de combustível melhorou em 6%, e o arrasto aerodinâmico caiu 7,5%.

O equipamento pesa menos de 120 quilos, e pode ser instalado em menos de duas horas.

Por se tratar de um sistema com inteligência, quando o caminhão vai fazer uma curva fechada ou realizar manobras, o TruckWings se fecha, para evitar colidir com a carreta.

O sistema é vantajoso, mas ainda não é adotado massivamente nos EUA, sendo usado em testes em algumas empresas.

CARRETA ON LINE

Fonte: blogdocaminhoneiro.